Escrito em 23/01/2015, 16:03

NOSSO SALÁRIO É UM DIREITO TRABALHISTA SAGRADO... GOVERNADOR, NÃO OUSE MAIS NÃO PAGÁ-LO DE ACORDO COM A LEI!
Todos os Professores e Técnicos estávamos tranquilos, pois o DECRETO do pagamento do 1/3 de férias que foi anunciado para ser pago em 3 parcelas (janeiro, fevereiro e março) não nos atingiria,porque como Universidades Públicas somos Autarquia e, portanto, temos autonomia de gestão financeira.
No entanto, essa autonomia não interessa ao GOVERNADOR BETO RICHA, que não cumpriu a LEI DO ORÇAMENTO ao não enviar os recursos necessários para o pagamento do 1/3 de férias do funcionalismo.
FICOU PÚBLICO QUE com os 18 decretos o Governador esconde através destas medidas O ROMBO FINANCEIRO DO ESTADO PROMOVIDO PELA política de terceirização/privatização; pelo aumento abusivo dos Cargos em Comissão; pelos gastos bilionários com propagandas; pelos empréstimos a Bancos Internacionais.
O que fez o Sinteoeste? Ao tomar conhecimento que o 1/3 não seria realmente pago, no dia 23 de dezembro COM o Protocolo no. 15114034320141223210424 foi IMPETRADO O MANDADO DE SEGURANÇA COLETIVO PREVENTIVO CONTRA A UNIOESTE. A JUÍZA, Pamela Dalle Grave Flores, NÃO CONCEDEU LIMINAR, alegando que “Contudo, em que pesem os argumentos, não há na inicial a descrição fática, objetiva e a indicação concreta de que foi a autoridade ora apontada como coautora que efetivamente determinou a suspensão do pagamento do terço de férias, com a inclusão na folha de janeiro de 2015”. Encaminhamos novas informações ao Judiciário e estávamos aguardando nova decisão!
INFELIZMENTE, a nova decisão da JUÍZA Raquel Fratantonio Perini decidiu que: “Sendo assim, almejada, o que faço com fundamento no art. 7º, §2º,4. indefiro a liminar da Lei n. 12.016/2009.
Esperamos agora que o GOVERNADOR BETO RICHA cumpra sua palavra e pague 1/3 de férias aos SERVIDORES DAS UNIVERSIDADES PÚBLICAS no dia 31 de janeiro. AS FÉRIAS JÁ SE FOI, MAS A DÍVIDA DO GOVERNO COM OS SERVIDORES PERMANECE!!

SINTEOESTE SEMPRE PRESENTE NA LUTA!